Engravidar em função do signo preferido para o bebé?



Já imaginaram a influência que os astros podem ter na vossa vida amorosa, familiar e profissional? Eu nunca pensei muito nisto até que uma amiga me confessou que um dos factores que considerou quando pensou em engravidar foi o signo do bebé. Aqui entre nós, também já ouvi e li histórias sobre a influência do signo de um candidato nos processos de recrutamento e selecção.

A verdade é que não escolhemos com quem sentimos mais ou menos afinidade.

Em relação à maternidade, se eu puder facilitar a relação mãe-bebé e se esse grau de afinidade e de paz estiver escrito nos astros, porque não? 

Posto isto, eu já fiz a minha pesquisa e, sabendo que sou uma Taurina, terei de engravidar entre Dezembro e Fevereiro para garantir a chegada de um bebé Virgem, de um Balancinha ou de um Escorpião. Bebés do signo Capricórnio, Caranguejo e Peixes são bem vindos, mas como são meses mais complicados e com Gémeos, Aquários e Carneiros pelo meio, signos ligeiramente menos compatíveis com Touro, então é melhor não arriscar muito. 

Fica então uma recomendação para as taurinas como eu: entre Dezembro e Fevereiro reconciliem-se com o vosso mais que tudo, reconciliem todas as divergências familiares  decorrentes de encontros natalícios e expandam a família! Bem imagino o desconforto de andar cinquenta meses grávida, debaixo de 47 graus em pleno mês de Agosto e com o peso de um mamute numa perna e de um elefante africano na outra, mas, pelo menos, durante um Verão na vida, ficam dispensadas da missão biquini que é, mais ou menos, como quem consegue escapar à tropa. 

Apesar da ironia, é impossível não ficar com a pulga atrás da orelha em relação ao tema. Obviamente, faço amigos independentemente dos signos e, apesar da aparente incompatibilidade, três das pessoas mais importantes da minha vida - pai, irmã e afilhada - são três Gémeos e não os trocaria por três Caranguejos, mesmo que isso me facilitasse a vida. Dizem que os Gémeos têm o dom da comunicação. Lembrei-me que há dois dias a minha afilhada chateou-se e disse-me:

- Deixa-me falar! Eu preciso de falar! Eu preciso de falar! As crianças precisam de falar tal como os adultos! Deixa-me explicar... 

De repente, lembrei-me que sempre foi assim. O desenvolvimento da linguagem foi marcado por episódios graves de gaguês. Engasgava-se e sufocava-se com tanta vontade de falar e de comunicar, de dizer o que pensa. 

Além dos Gémeos, Tenho um fetiche por Aquários pois adorava ser tão desprendida, livre e descomplicada como eles e em relação aos fogosos Sagitários, tenho uma vida para aprender com todos os eles pois, pelo que consta, são o meu ascendente. É isso. Tenho uma amiga que me incentiva a procurar certas direções nos astros e foi ela que me disse que o meu Sol é Touro, o meu ascendente é Sagitário e a minha Lua (intimidade, emoções) é Peixes. Confuso, eu sei. Falando de compatibilidades, dizem que os Touros e os Escorpiões são signos opostos, que se anulam na presença um do outro, que são inseparáveis e, curiosamente, quando todos se queixam da intensidade e da impulsividade dos Escorpiões eu, simplesmente, não sinto nada e comunico na paz do senhor com todos eles.  

A minha amiga, que me confessou que decidiu engravidar em função do signo preferido para o bebé, é uma balancinha linda, uma balança bem calibrada e decidida pela perfeição, pela harmonia em casa, pela paz, nem que tenha de procurar essa resposta fora da sua lógica natural, da sua racionalidade. Damo-nos bem porque, pela minha pesquisa, os Touros e os Balanças são os únicos signos regidos por Vénus, a deusa do amor e da beleza.  

Por acaso tenho conhecido algumas mães que dada a pergunta:

- Então quando é que vai nascer?

Me respondem:


-Vai ser Sagitário.

O que me faz pensar que, tal como a minha amiga, muitas mulheres, antes de engravidar, começam a fazer cálculos em função da posição das estrelas e dos planetas. 

Será?




No comments

Post a Comment

© Chez Lili

This site uses cookies from Google to deliver its services - Click here for information.

Professional Blog Designs by pipdig