Sobre Reciprocidade e Desistência...



"Sinto-te mais leve...  Não sei...  Estás diferente..." 

Desistir pode ser a nossa maior libertação, a nossa maior conquista. 

Dizem que não há nada pior que assistir à morte de alguém que continua vivo, fazer o enterro de alguém no nosso inconsciente, nos bastidores do meu eu para conseguir voltar ao espectáculo de todos os dias. 

Os outros, amigos e estranhos, estão à minha espera e pagaram bilhete para me ver, mesmo sabendo que o espectáculo ia começar com uns dias de atraso. Eu estava doente, mas queria voltar e eles esperaram. 

Era recíproco. 

Quando uma relação é recíproca luta-se por ela. Mas na ausência dessa reciprocidade é preciso saber desistir. Quando não sabes desistir, acredita que há uma sabedoria inconsciente que manda para espécie de penitenciária de alta segurança tudo aquilo que atrapalha a tua vida. 

Acho que foi o que aconteceu. Não sei muito bem qual foi a tua sentença. Não sei bem quanto tempo vais ficar por lá, não sei se estarás no corredor da morte...

Só sei que se for recíproco conseguirás escapar, desafiar os melhores sistemas de segurança do meu "eu".... 


voltar.







No comments

Post a Comment

© Chez Lili

This site uses cookies from Google to deliver its services - Click here for information.

Professional Blog Designs by pipdig