Conta-me o que menos gostas em Londres...

Data de escrita: Sábado, 27 de Maio de 2017


Hoje estava sol e pouco tempo depois de sair de casa encontrei alguém que não via há muito tempo: 

eu! 

Eu, com os mesmos problemas que tinha ontem, mas mais relaxada e optimista em relação às suas soluções. 

Eu, com uma leveza nos ombros esquecida, típica de quem hoje, ao sol, decidiu não carregar o abismo do mundo. 

Eu, que depois do aparelho para corrigir o sorriso dos dentes, vi uma menina com um aparelho mais barato que lhe corrigia o mais importante sorriso: o sorriso dos olhos.

Eu, de sandálias, de manga curta, sem casaco ou prevenção para qualquer surpresa... O sol era para durar o dia todo. 

Eu, uma leve menina de Verão... de quem tinha saudades, e que temo deixar de ver por longos meses outra vez, porque ela faz-me muita falta. 

The Winter Blues...  

Apetece-me corrigir... 

The Long Winter Blues. 



Pois bem...
o que menos gosto nesta terra são os Winter Blues ou a famosa depressão de Inverno.

 O Inverno prolongado e a falta de luz, de sol, de temperaturas primaveris, de um céu aberto, de mar, tem inevitavelmente um impacto no nosso humor. 

O sol é uma grande vitamina para a saúde mental. Eu pensei que aguentava bem viver sem ele, mas enganei-me. E o mais assustador foi a inconsciência deste engano. 

Quando estamos tristes, stressados e desmotivados procuramos a culpa em tudo à nossa volta: no trabalho, nos problemas conjugais e familiares, nos sonhos adiados, na saudade de alguém querido, no passado, no dinheiro, nos amigos, no aumento de peso... enfim... a verdade é que nunca nos lembramos do sol, do clima onde vivemos.

Os problemas não desaparecem quando estamos ao sol, nem com 27 graus lá fora, mas a nossa perspectiva sobre eles pode mudar um pouquinho.

 Pelo menos a minha muda muito, por uma razão muito simples e biológica: a libertação de serotonina, dopamina, endorfina noradrenalina é provocada pela vitamina D, cuja produção é estimulada pela exposição solar. Estas hormonas tem um papel fundamental na nossa sensação de bem estar e de adequação ao ambiente.  

Enquanto o céu se decide entre aberto e encoberto, vamos artificialmente produzindo sensações de bem estar com idas ao ginásio, com idas aos melhores teatro do mundo, com a sensação de crescimento e de amadurecimento dada pelo desafio emocional e profissional de estar longe, com uma conta poupança de meia dúzia de libras de quem vive num dos maiores centros de comando da economia mundial (poupanças para depois gastarmos numas férias ao sol).

Dizia um amigo meu no outro dia:

-Voltar a Portugal? Para quê? Para comer umas latas de sardinha numa esplanada na rua cor-de-rosa com umas cervejas e discutir o Benfica-Porto? 

O bom tempo é para quem não tem que trabalhar! 

(Ele disse mais umas coisas, mas é melhor ficar por aqui!)

Posto isto meus amigos, eu por acaso sou mais criativa e produtiva ao sol e, tirando a cerveja, gosto de terminar o dia de trabalho e de me sentar numa esplanada qualquer voltada para o mar com uma lata de sardinhas ou com um prato de caracóis, ou melhor, com uns queijinhos e um bom vinho, a conversar sobre a vontade de ir viver para outro país qualquer porque os outros lá fora é que são bons e grandes e falam inglês, para depois realizar que, afinal, o sítio onde eu estou bem, é aqui! Em Portugal! 

Que maravilha de sardinhas!

Mas aqui entre nós e não digam nada ao meu amigo:

 a única vez que chumbei num exame de faculdade foi quando, em pleno mês de Junho, eu e uma amiga, decidimos ir estudar para a praia de Miramar. No saquinho de praia, levávamos as sebentas e os apontamentos, em vez de revistas cor de rosa e de palavras cruzadas. 
O resultado desta ideia e deste estudo foi um redondo 8 no exame. 
Nunca mais estudei de bikini na praia de Miramar e em praia nenhuma! Também nunca mais chumbei em exame nenhum.

- E então, porquê que não voltas? 

-Voltarei... a seu tempo, mas voltarei... 






No comments

Post a Comment

© Chez Lili

This site uses cookies from Google to deliver its services - Click here for information.

Professional Blog Designs by pipdig